atti! comunicação e ideias
atendimento@atticomunicacao.com.br / 11 3729.1455 | 3729.1456

Atti comunicação e idéias

“CityZen”, do diretor Guilherme Guimarães,  estreia  dia 10 de junho na Rede Cinemark  em 15 cidades brasileiras

“CityZen”, do diretor Guilherme Guimarães, estreia dia 10 de junho na Rede Cinemark em 15 cidades brasileiras

São Paulo, Salvador, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Curitiba, Niterói, Rio De Janeiro, Porto Alegre, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Recife, Florianópolis e Guarulhos exibem o filme

Com estreia confirmada para o dia 10 de junho, o filme “CityZen”, do diretor Guilherme Guimarães, retrata o skate como forma de intervenção urbana na cidade de São Paulo. Uma das mais importantes metrópoles do mundo abriga uma sociedade caótica de valores distorcidos, mas que ao olhar do skatista/cidadão, torna-se um lugar no qual é possível fundir-se com a arquitetura. Enquanto muitos a veem como um lugar sufocante, outros a enxergam como uma via de acesso à liberdade.

O “CityZen” é o primeiro curta de skate a entrar no circuito comercial de cinema nacional, com estreia em 15 praças da rede Cinemark (São Paulo, Salvador, Brasília, Vitória, Belo Horizonte, Curitiba, Niterói, Rio De Janeiro, Porto Alegre, Campinas, Ribeirão Preto, Santos, Recife, Florianópolis e Guarulhos). O Filme explora, por meio da criatividade de 5 skatistas, um pequeno mundo dentro da imensidão da capital paulista, onde as etnias estão divididas em bairros, dentro de uma selva ambulante de cimento.

Assim, Léo Fernandes anda na Avenida Nove de Julho de ponta a ponta, passando por baixo da esquecida 14 Bis até o Theatro Municipal. Esteban Florio percorre a Catedral e a Praça da Sé, descendo pelo centro antigo até o Vale do Anhangabaú. Wagner Ramos passa pelo Estádio do Pacaembu, desce pela Angélica, atravessa o Minhocão até a Igreja da Praça Roosevelt.

Já Murilo Romão, durante a madrugada, percorre a Paulista saindo do Shopping Pátio Paulista até a Consolação. Para finalizar, Rafael Gomes anda pelos bairros da Liberdade e da Bela Vista até o Theatro Municipal.

Todo rodado em câmera analógica e digital, o Cityzen mistura imagens em alta definição, utilizadas excessivamente nos tempos de hoje, com imagens de uma super-8. Por isso, busca fugir dos padrões já estabelecidos, e possui um formato diferente de um vídeo de skate tradicional. Seu intuito é documentar a diversidade sociocultural que compõe a capital paulista.

A produção foi assinada pela marca Vibe em parceria com a sua equipe de skatistas profissionais e amadores. A trilha sonora, que foi produzida especialmente para o filme, foi composta pelo produtor musical Yoka e executada pelos músicos Guilherme Valério (guitarra e Kalimba), Thiago Babalu (bateria), Junior Wise (guitarra e microkorg), Gustavo Mendes (baixo), Fabiano Guimarães (guitarra).

atti comunicação
Volta para lista de notícias
atti comunicação e ideias